Not long ago, most clients would pull much more data (downlink) than they would push (uplink). Com os websites de mídia social se tornando tão populares, vemos quase uma divisão 50/50 entre o tráfego uplink/downlink, na maioria das redes. Esta divisão 50/50 na taxa de transferência essencialmente limita o tráfego em cada sentido para a metade do total (por exemplo, ~433Mbps uplink, ~433Mbps downlink). No entanto, com fluxos de dados bidirecionais, o AP iria competir com seu próprio cliente, e o processo de contenção 802.11 adicionaria sobrecarga (colisões, retirada adicional, etc.). Isto poderia trazer a taxa de transferência realista abaixo de 400Mbps em cada direção, na melhor das hipóteses, e isto é somente ~40% da utilização de uma conexão de 1Gbps.

This is a perfect throughput storm and there is practically no chance of reaching this in real-world environments due to:

  • Contenção enquanto vários clientes tentam acessar o canal (contenção co-canal)
  • Interferência de canal adjacente (ACI)
  • Fontes de interferência de RF
  • Mecanismos de proteção para compatibilidade retroativa
  • Ambiente de cliente PHY ou infraestrutura sem fio mista
  • Limitações de CPU no AP
  • Código de baixo desempenho no AP e/ou controlador
  • Drivers de cliente pobres

Recomendação: Consider the tools you have that allow you to effectively plan, deploy and troubleshoot 802.11 issues to avoid issues later.

Don’t have the tools you need? Check out NETSCOUT’s wireless solutions.