Notas de aplicativos: Kit de análise e resolução de problemas do OneTouch™ AT/ClearSight™ | enterprise.netscout.com

Notas de aplicativos: Kit de análise e resolução de problemas do OneTouch™ AT/ClearSight™

Assistente de Rede

Figura 1: Kit de análise e resolução de problemas do OneTouch™ AT/ClearSight™

Enquanto o Assistente de Rede OneTouch AT consegue resolver a maioria de problemas da rede rapidamente usando o seu AutoTeste e outros recursos, a análise do arquivo de rastreamento é necessária em alguns casos para se chegar à causa raiz. Às vezes, porque um problema de aplicativo é particularmente complexo, outras vezes porque é a única maneira de provar a terceiros que o problema não é responsabilidade sua. Em uma recente pesquisa NetScout, clientes relataram execução de análise de pacotes em 19% dos problemas.

O pacote do OneTouch AT 3000/ClearSight Analyzer é projetado para agilizar o processo de captura e de análise de pacotes. O OneTouch AT é a maneira mais rápida e fácil de capturar os pacotes que você precisa para identificar o problema, enquanto a análise centrada no aplicativo exclusiva do ClearSight Analyzer fornece uma visão fácil de entender dos problemas de desempenho do aplicativo.

Captura de pacotes

Ao deparar com a necessidade de capturar pacotes para identificar e resolver problemas do usuário final, um técnico pode escolher entre duas abordagens comuns. Primeiramente, pode configurar uma porta espelhada no switch. Isto envolve fazer login no switch, e alterar a configuração do switch para enviar cópias do fluxo de pacotes para outra porta onde o fluxo é capturado pelo analisador. Isto exige acesso ao switch e experiência significativa para assegurar que os pacotes corretos são espelhados - e para evitar cometer um erro na configuração que teria o potencial de deixar um grande número de usuários sem acesso de rede. Por essas razões, a maioria dos técnicos precisam de ajuda para configurar portas espelhadas.

A segunda abordagem é usar um tap: um dispositivo de hardware que é conectado na linha do PC do usuário e envia cópias dos pacotes para o analisador. A maioria dos técnicos não dispõem de taps, exigindo uma viagem para encontrar um tap, e encontrar um lugar onde conectá-lo antes de capturar o tráfego. Os taps também podem ser parte integral da rede, ou instrumentalizados na rede, mas lidar com um sistema tão complexo resulta em problemas semelhantes àqueles resultantes da configuração de um switch.

As duas abordagens têm a desvantagem de que o problema pode ter desaparecido entes que as portas espelhadas ou os taps possam ser configurados. Infelizmente, muito provavelmente, os problemas retornarão, resultando em múltiplas chamadas para o help desk.
 

Assistente de Rede

Figura 2: Portas da conexão do OneTouch™ AT

Tap integrado do OneTouch AT

O OneTouch AT tem um tap integrado que transforma a captura de pacotes em um processo rápido e fácil. Já que o tap é fisicamente conectado entre o PC do usuário e a rede, ele já está configurado para capturar os pacotes que você está procurando. Sendo um dispositivo passivo, o tap não introduz nenhum problema na rede ao fazer a coleta de pacotes.

Sendo simples de usar, o OneTouch AT fornece a funcionalidade sofisticada que não é encontrada em taps básicos. PoE (Power over Ethernet) não somente passa completamente, mas também é medido em tempo real. Suporta cabos de cobre e de fibra, sem transceptores externos. Oferece suporte à captura em Full-Duplex, que de outra maneira exigiria um tap de agregação com a criação de buffers.
 

mapa da conexão

Figura 3: Exemplo de conexões inline do OneTouch™

 

O buffer de captura do OneTouch AT de 2 GB é suficiente para a maioria dos problemas únicos de aplicativos do usuário final. Um uso mais eficiente deste espaço pode ser obtido usando-se as configurações de captura de pacotes:

Filtro - Definir um filtro permite que o OneTouch capture somente um subconjunto dos pacotes a que tenha acesso. Os filtros podem ser definidos para: endereço MAC ou IP, número da VLAN ou porta IP. Uma configuração NOT pode ser usada para impedir a captura de determinados pacotes, e pacotes IPv6 também podem ser eliminados pelo filtro.

Corte de quadros - Isto limita a captura aos primeiros “n” bytes de cada quadro, onde n pode ser definido de acordo com uma faixa de valores entre 64 e 9.600. Isto preserva o espaço de armazenamento, capturando somente as informações importantes dos cabeçalhos dos pacotes, que é tudo que é necessário para resolver problemas de sincronismo e pacotes perdidos.

Conexão - Quando o modo inline for a maneira mais fácil de capturar o tráfego do aplicativo de e para um usuário que está tendo problemas, o OneTouch AT também suporta a captura ou da Porta A somente ou das Portas A e B, de modo a agregar as duas portas juntas. Este último modo pode ser usado para conectar a um tap Full-Duplex externo (com duas portas). A captura do AutoTeste permite que o OneTouch AT capture o tráfego gerado por seu próprio AutoTeste para testar ainda mais a resposta do servidor sem o PC do usuário, e o modo Wi-Fi permite a captura de tráfego 802.11/a/b/g/n/ac.

Captura de VoIP - Neste modo, o tráfego em linha é capturado, enquanto as estatísticas da chamada, incluindo o destino, a duração, e as pontuações de qualidade, são exibidas. Parâmetros chave, como o número de pacotes, de erros, de perdas e de jitter são mostrados. A partir dessas capturas, o ClearSight Analyzer pode gerar relatórios da qualidade da chamada e, até mesmo, reproduzir o conteúdo da chamada.

Acessando os arquivos de captura

O OneTouch AT armazena os pacotes de captura no formato PCAP (um formato fácil de ser lido pelo ClearSight e outros analisadores comuns) em seus cartões SD removíveis. A transferência dos arquivos de captura para um PC pode ser feita usando-se o cartão SD, ou para PCs sem um leitor de cartão SD, copiando-se o arquivo para um dispositivo USB conectado ao OneTouch AT. Os arquivos também podem ser baixados usando-se o controle remoto ou o serviço de nuvem do OneTouch AT através de uma conexão de gerenciamento cabeada ou sem fio. Isto permite que múltiplas capturas sejam feitas e baixadas para o PC sem ser necessário deslocar-se até o local onde o verificador se encontra. Já que o controle à distância é executado através de uma conexão separada, ele também proporciona toda a operação integral do OneTouch AT, incluindo configurações da captura, sem adicionar seu próprio tráfego ao arquivo da captura.
 

Tela 1 do CSA

Figura 4: Tela do analisador do CSA

ClearSight Analyzer

O premiado ClearSight Analyzer (CSA) oferece monitoração avançada centrada em aplicativos e análise de desempenho, permitindo aos administradores e engenheiros da rede da empresa manter, diagnosticar e solucionar os problemas de desempenho de rede e de aplicativos em ambientes de rede com múltiplos protocolos. O analisador de aplicativos ClearSight Analyzer suporta os protocolos mais comumente utilizados, tanto em redes com cabeamento físico quanto em redes Wi-Fi, e os usuários podem importar decodificações do Wireshark para aproveitar as decodificações do protocolo oferecidas pela comunidade open source, fazendo do analisador de aplicativos ClearSight a ferramenta de análise de protocolos mais versátil disponível no mercado.
 

Tela do CSA 2

Figura 5: Tela da visão geral da integridade da rede do CSA

 

Análise de aplicação centralizada

Através de uma página inicial simples e intuitiva, o CSA apresenta uma visão geral detalhada de alto nível do estado dos aplicativos em sua rede. A partir dessa estrutura, você pode se aprofundar mais para obter acesso a informações mais detalhadas. Por exemplo, você pode exibir toda a atividade para aplicativos HTTP, depois se aprofundar para visualizar as atividades em cada servidor e ainda mais para o fluxo do servidor, observando os conteúdos de mídia reais do fluxo. Esse nível de controle e visibilidade incomparáveis acelera a solução de problemas do aplicativo e minimiza o tempo ocioso geral da rede.
 

Reprodução de conteúdo

O ClearSight Analyzer pode recriar o conteúdo de áudio e vídeo dos fluxos durante a monitoração em tempo real ou a partir de um arquivo de rastreamento. Além disso, Email do Exchange, Fax sobre IP, Mensagens instantâneas e páginas HTTP da web também podem ser reconstruídos. Isto é muito valioso como prova da violação da conformidade ou visualização da qualidade multimídia.
 

Informações para Pedidos

 Número do modelo
 Descrição
1T-3000-CSA O OneTouch AT 1T-3000 e o Software ClearSight™ Analyzer em CD para a decodificação das capturas de pacotes em um computador com o
Microsoft Windows
GLD–1T3000 Cobertura de 1 ano de Suporte Gold para o OneTouch AT
Network Assistant 1T-3000
GLD-SW-1000 Cobertura de 1 ano de Manutenção de Software do Suporte Gold para o CSA-1000
GLD3-1T3000 Cobertura de 3 anos de Suporte Gold para o OneTouch AT
Network Assistant 1T-3000
GLD-SW-1000-3YR Cobertura de 3 anos de Manutenção de Software do Suporte Gold para o CSA-1000
 
 
Powered By OneLink