Quando a melhora no desempenho se deteriora em inovação disruptiva? | enterprise.netscout.com

Quando a melhora no desempenho se deteriora em inovação disruptiva?

24 de junho de 2015

Isto já aconteceu com mais empresas do que você pode listar: uma equipe de inovadores de enorme sucesso começa a tomar decisões precipitadas e, em breve, a empresa está em declínio -- ou pior -- sai completamente do negócio. Por que isto acontece?

Nem sempre, mas muitas vezes, é um sintoma de inovação disruptiva. Uma empresa começa com um conceito inovador. Pode não ser perfeito, mas é bom o suficiente, e exclusivo o suficiente, para atrair massas de clientes. Por um tempo, eles melhoram seu produto, eventualmente reduzem seus preços, e continuam a crescer e a melhorar. Então, a mesma equipe inovadora que trouxe tal sucesso inova além da conta, levando ao fracasso.

A inovação disruptiva, às vezes, é só uma questão de perder de vista onde você esteve, o que está fazendo, e
onde se propõe a ir.

Inovação disruptiva é quando a inovação descarrilha a organização, porque se torna disruptiva em vez de orientadora. Isto acontece quando a organização perde o foco de quem ela é, e o que ela significa. Aqui está como você pode evitar que as melhorias de desempenho se deteriorem em inovação disruptiva em sua organização.

Reveja sua missão e propósito

Lembra-se daquela declaração de missão que você escondeu naquele armário? Aquela, coberta de poeira? Coloque-a para fora. Reveja o seu significado. O que sua organização se propunha a fazer? Coloque o que está fazendo agora em perspectiva, de acordo com o seu propósito inicial.

Reveja suas histórias de sucesso

Que sucessos que tem a seu crédito? O que os fez um sucesso? O que tem impulsionado o seu sucesso e melhoria desde então? Esta é uma progressão natural após rever a sua declaração de missão e propósito organizacional -- ajuda você a se colocar de volta onde viu melhorias no desempenho, e o mantém fora do penhasco do declínio na inovação disruptiva.

Reveja seus fracassos

O que não funcionou? Por que não foi bem sucedido? Agora que você está consciente de quais caminhos levam em direção àquele penhasco, então você pode conduzir sua equipe para longe dele. Olhar seus fracassos não é tão divertido quanto rever os sucessos, mas é crucial para evitar mais fracassos no futuro. Um bom exemplo disto é quando a Coca-Cola lançou a New Coke.
A indignação pública foi esmagadora. A Coca-Cola, imediatamente, recuou e lançou a Coca-Cola Clássica, se afastando do seu fracasso e se voltando em direção ao sucesso.

O que funcionou antes? Por que? Como você pode aproveitar ou repetir aquele sucesso?

Avalie onde você está

Onde está sua organização -- bem agora -- em relação a estas histórias de sucessos e de fracassos? Você está indo em direção ao penhasco ou se afastando dele? Faça um balanço do que você está fazendo para melhorar o desempenho e quão efetivos são estes passos. Esteja disposto a admitir o que está funcionando e o que não está. Você não tem que reinventar a roda, se o que o público quer que você faça é uma roda melhor, ou uma roda maior, ou uma roda mais barata.

Defina e estabeleça um rumo para o futuro

Com sua missão, sucessos e fracassos bem à vista, defina um plano para o futuro. O que impulsiona melhor a inovação em sua organização, e o que tende a desviar o foco da sua equipe? A melhoria do desempenho deve ser sempre um objetivo, mas quando a inovação se torna disruptiva e destrutiva, é hora de puxar para fora aquele mapa e redirecionar sua equipe. Por exemplo, ao trabalhar para melhorar o seu desempenho de rede, você não precisa reinventar a roda. Escolha um caminho comprovado, e deixe-o guiá-lo para o melhor curso de ação.

A NETSCOUT pode ajudá-lo a permanecer na rota quando se trata de melhorar o desempenho de sua rede, um elemento-chave para apoiar suas estratégias de negócios. Visite hoje para um white paper grátis.

 
 
Powered By OneLink